top of page

5 Dicas para escrever uma biografia (mesmo se você nunca escreveu antes)

Como ghostwriter, sempre sou abordada por pessoas que desejam escrever sobre suas vidas ou as vidas de seus parentes. Aliás, frequentemente sou contratada para escrever biografias de avós ou pais que já se foram, para que suas incríveis histórias sejam imortalizadas para as futuras gerações.


Se você deseja escrever uma biografia, siga as cinco dicas a seguir.


Dica 1: entenda os tipos diferentes de bios


O seu projeto é uma autobiografia, biografia ou um livro de memórias?


O primeiro passo é saber a diferença. Se você vai escrever sobre si mesmo, em primeira pessoa, trata-se de uma autobiografia.


Caso esteja escrevendo sobre a trajetória de alguém, desde que nasceu até a maturidade, com o propósito de contar a história da sua vida, estará escrevendo uma biografia, geralmente usando a terceira pessoa.


Há também os livros que contam a história de empresas, grupos musicais e times de futebol, por exemplo.


O livro de memórias pode ser seu (em primeira pessoa) ou de outra pessoa (em terceira pessoa). O livro de memórias escolhe diversos momentos da vida de alguém, que os narra muitas vezes sem ordem cronológica.




Dica 2: escolha uma estrutura para a obra


É muito importante pensar em como essa história será contada. Muitas vezes, faz sentido narrar em ordem cronológica, mas às vezes a história fica muito mais interessante organizada por temas. Em geral, biografias são narradas em ordem cronológica. No entanto, livros de memórias funcionam bem quando os eventos são narrados fora de ordem.


Como escolho uma estrutura?


Dê uma olhada na Jornada do Herói ou Jornada da Heroína, por exemplo. A história que você vai contar se encaixa nessa estrutura?


Você também pode pedir para o Chat GPT sugerir uma estrutura e desenvolvê-la a partir daí.


Vamos supor que a história da sua avó é sobre "uma mulher pobre que migrou para outra cidade e superou muitos desafios, abrindo a própria empresa enquanto cuidava dos filhos e tentava superar a morte do marido. Essa mulher consegue realizar seus sonhos e morre feliz, alguns dias depois do nascimento no netinho."


Veja o que o Chat GPT sugere quando peço uma estrutura para essa história*:


*meu comando foi "sugira uma estrutura para uma biografia sobre" + trecho acima


Título: "De Raízes Humildes a Florescimento: A Jornada de [Nome]


Introdução: A Semente da Determinação

No coração de uma pequena cidade, [Nome] nasceu em uma família humilde, onde a perseverança e a resiliência eram mais valiosas do que qualquer riqueza material. Desde cedo, ela aprendeu a enfrentar desafios com coragem, moldando sua personalidade para o que seria uma jornada extraordinária.


Capítulo 1: A Migração Corajosa

Determinada a buscar oportunidades além das fronteiras de sua cidade natal, [Nome] tomou a decisão corajosa de migrar para uma metrópole em busca de uma vida melhor. Deixando para trás o conforto conhecido, ela enfrentou os desafios da adaptação a um novo ambiente, onde cada dia era uma batalha por sobrevivência.


Capítulo 2: Lutando contra a Adversidade

Longe de sua zona de conforto, [Nome] enfrentou dificuldades inimagináveis. A falta de recursos financeiros, a saudade da família e a discriminação social foram apenas alguns dos obstáculos que ela superou com determinação e fé. Enquanto trabalhava arduamente em empregos árduos, [Nome] nunca perdeu de vista seus sonhos de proporcionar uma vida melhor para seus filhos.


Capítulo 3: Uma Dor Insuperável

A vida de [Nome] foi abalada pela tragédia quando perdeu seu marido. A dor da perda parecia insuportável, mas ela encontrou forças para enfrentar a realidade pela necessidade de cuidar de seus filhos. A jornada da viuvez a desafiou emocionalmente, mas [Nome] transformou essa dor em combustível para seus objetivos futuros.


Capítulo 4: A Ascensão Empreendedora

Determinada a construir um futuro sólido para sua família, [Nome] mergulhou no empreendedorismo. Com coragem e criatividade, ela iniciou seu próprio negócio, superando barreiras financeiras e administrativas. Sua empresa não era apenas uma fonte de sustento, mas também um símbolo de sua resiliência e capacidade de transformar desafios em oportunidades.


Capítulo 5: Malabarismos da Maternidade e Carreira

Enquanto administrava sua empresa, [Nome] enfrentou o desafio de equilibrar a maternidade e a carreira. Sua habilidade de realizar malabarismos entre o cuidado amoroso de seus filhos e o desenvolvimento de seu negócio é testemunho de sua força e habilidade multitarefa.


Capítulo 6: A Realização dos Sonhos

Ao longo dos anos, [Nome] não apenas construiu um império empresarial, mas também realizou muitos dos sonhos que alimentavam sua alma desde os dias humildes de sua infância. Sua história inspiradora tornou-se um farol de esperança para muitos que enfrentam adversidades semelhantes.


Capítulo 7: A Felicidade Plena

No crepúsculo de sua vida, [Nome] encontrou uma felicidade plena. Ao lado de seus filhos e netos, ela celebrava a realização de suas aspirações e o legado que deixaria para as gerações futuras. A vida de [Nome] tornou-se um exemplo de como a determinação pode transformar destinos.


Conclusão: O Legado Duradouro

Ao partir, [Nome] deixou um legado que transcendeu a barreira do tempo. Sua jornada, repleta de desafios, triunfos e amor, continua a inspirar aqueles que sonham em superar suas próprias adversidades. A história de [Nome] é um testemunho de que, com resiliência e determinação, é possível transformar a adversidade em oportunidade e, no final, colher as flores do sucesso e da felicidade.


Veja que o Chat não é um bom escritor. O trecho "trabalhava arduamente em empregos árduos" é um exemplo disso. Mas tudo bem, porque ele é bom em sugerir estruturas e ajudar você a economizar dias, talvez semanas de trabalho. A partir daí, fica muito mais fácil você:


  • Organizar os eventos e histórias sobre sua avó e encaixá-los nessa estrutura;

  • Ter um ponto de partida para começar a escrever, justamente o momento mais difícil para escritores;

  • Adaptar a história pessoal dela ao modelo sugerido pela IA.


Dica 3: Organize suas informações


Por meio de entrevistas e análise de fotos e documentos, você terá muita informação em mãos e isso pode ser paralisante. Agrupe essas informações assim:


  • Background do sujeito da biografia;

  • Uma visão geral da relevância do sujeito ou por que ele é uma pessoa cuja história é digna de estudo;

  • Influências, família, educação, fatores culturais;

  • Hábitos, talentos, hobbies, manias e interesses pessoais;

  • Anedotas e histórias de outras pessoas sobre o sujeito da biografia;

  • Maiores conquistas ou descobertas;

  • Desafios e obstáculos;

  • Vida pessoal e relacionamentos;

  • Legado e impacto.


Dica 4: nunca se esqueça da máxima da escrita criativa - mostre, não conte!


Vamos supor se sua avó tenha sido uma mulher extremamente resiliente. A pior coisa que você pode fazer na sua biografia é escrever: ela era uma mulher resiliente. MOSTRE isso por meio de:


  • Atitudes dessa pessoa, frente aos obstáculos;

  • Opiniões de outras pessoas sobre ela;

  • Diálogos;

  • Cenas vívidas de momentos impactantes;

  • Reações de outros quando essa pessoa fez algo.


Deixe que o leitor conclua que ela é resiliente. Dessa forma, a ideia fica muito mais forte em sua cabeça. Para mostrar que sua avó era resiliente, mostre-a enfrentando o homem armado que brigou com seus filhos, ou acordando com o canto do galo para ajudar a mãe na fazenda.


Dica 5: Mantenha a objetividade


  • Confirme informações: procure em diversas fontes e sempre confirme citações, datas e eventos.


  • Procure pontos de vista diferentes: assim, você pode acrescentar diversas perspectivas à narrativa para equilibrar vieses e fornecer ao leitor uma visão mais completa. 


  • Contextualize emoções: ao compartilhar as experiências emocionais ou dificuldades pessoais, forneça contexto e pano de fundo. Isso ajuda o leitor a entender as motivações e circunstâncias por trás das ações do sujeito e o permite compreendê-lo.


  • Seja claro sobre o que é fato e o que é especulação. Faça uma clara distinção entre quais informações são baseadas em fatos confirmados e quais são baseadas nas suas interpretações, para não enganar o leitor.


  • Cuidado com a privacidade do sujeito!


Dica extra: contrate um ghostwriter!


Quer ajuda para escrever uma biografia, autobiografia ou livro de memórias profissional? Contrate um ghostwriter!


Sou uma escritora premiada, finalista do Prêmio Jabuti em 2022 e com oito romances autorais publicados, além de leitora crítica de mais de 150 obras e mentora de autores.


Nos últimos anos, escrevi 12 livros como ghostwriter e descobri histórias e pessoas inesquecíveis, além de ter a honra de imortalizar suas jornadas. Já escrevi biografias familiares e empresariais, livros de influencers e autoridades, livros de memórias de empresários e biografias de pessoas simples, corajosas e encantadoras.


Saiba mais sobre meus serviços de ghostwriting. Entre em contato no claudoooca@gmail.com ou leia meu artigo sobre o assunto:




19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A Inteligência Artificial substituirá o ghostwriter?

4 motivos pelos quais a IA não substituirá o ghostwriter por muito tempo Para uma ghostwriter profissional, a pergunta chega a surpreender. Ora, no nosso dia a dia, praticamente tudo o que fazemos é i

Comentarios


bottom of page